Visitas guiadas: um esforço para reforçar a oferta em 2016

O Festival TODOS agradece o imenso interesse e afluência de público às visitas guiadas realizadas na Academia Militar, Travessia pela História da Colina de Santana, Hospital de São José, NOVA Medical School e Convento da Encarnação.

Sendo evidente o entusiasmo do público na abordagem às nossas propostas para a Colina de Santana, o Festival compromete-se a reunir esforços no sentido de reforçar a oferta de visitas guiadas na 8ª edição, em 2016.

Publicado por Festival TODOS às 19-09-2015 13:00

Labels:


E como a Colina de Santana quis o TODOS

E como a Colina de Santana quis o TODOS: foram milhares de pessoas espalhadas pelas 36 propostas que a 7ª edição do Festival TODOS apresentou. Foi uma alegria, foi também uma solenidade, foi ocasião para pensar na interculturalidade, e como viveu o jardim, coração da festa, com tanta gente sempre em passsagem, sempre em descanso, em festa, integrada nas múltiplas actividades preparadas.

Para o ano, o TODOS voltará, se tudo correr como planeado, ao Campo dos Mártires da Pátria / Campo Santana. Com novas propostas para pensar este território que demonstrou uma grande força, uma ânsia de conhecimento e de expressão de sentimentos.

A organização do festival só pode sentir-se agradecida pela reacção do público e pedir desculpa pelos incómodos que causou em alguns momentos do festival, sobretudo alguns em que a procura era maior do que a oferta - e, recorde-se, todos os 36 espectáculos, actividades, visitas guiadas ou workshops eram gratuitos.

Também aprendemos com o nosso público, com o nosso território, somos exploradores de potenciais. Para o ano, certamente, haverá novas formas de abordar temáticas, formas de organização, mas o mesmo encanto. Porque esse vem de dentro do próprio território. Das pessoas, das várias culturas que o habitam.

Obrigado a quem nos acompanhou, apoiou e seguiu. Ao público. Obrigado a TODOS.

Publicado por Festival TODOS às 14-09-2015 01:05

Labels: encerramento


Como descarregar o programa

Com a mudança de site, alteraram-se os caminhos para chegar a alguns fins. Chegar ao programa do TODOS é um dos que mais problemas tem causado aos nossos espectadores/seguidores. Por isto, as nossas desculpas.

Agora, uma solução: http://festivaltodos.com/releases/edicoes_do_festival/1/. Com este link, vão directamente ao local do site onde se encontra o programa para ser descarregado.

Publicado por Festival TODOS às 11-09-2015 13:40

Labels: Programa


De portas abertas

Estamos de portas abertas a TODOS, a cerca de cinco horas da inauguração da 7ª edição do Festival TODOS. A recepção (Lugar do TODOS . PONTO DE ENCONTRO), no centro do Jardim do Campo Santana, está preparada para vos receber, o jardim está lindo (não há outra forma de o dizer, lamentamos).

Portanto, passem por cá. Pode ser antes da inauguração propriamente dita. Antes de irem ver as magníficas exposições fotográficas no antigo Hospital Miguel Bombarda (entrada pela Rua Dr. Almeida Amaral).

Publicado por Festival TODOS às 10-09-2015 13:40

Labels: abertura de portas inauguração


Venham TODOS à inauguração

Venham TODOS à inauguração

Venham cedo, venham TODOS: a inauguração da 7ª edição do Festival TODOS é às 19h00 do dia 10 de Setembro (quinta-feira), no antigo Hospital Miguel Bombarda. Mas como esperamos ser muitos, entre público, curiosos, artistas, equipa, convém não chegar em cima da hora.
Dentro de portas, há duas exposições fotográficas para ver. Ligam-se por um conceito: a memória. A TODOS A OLHAR PARA TRÁS será a exposição de todas as exposições do Festival, contando com trabalhos de todas as edições anteriores (2009-2014). Podem ver-se fotografias de Georges Dussaud, Luís Pavão, Camilla Watson, Carlos Morganho, Luísa Ferreira, Cláudia Damas e Silverbox. MIGUEL BOMBARDA. MEMÓRIAS é uma colecção de retratos e situações quotidianas da vida de internados psiquiátricos, dos anos 60 até ao presente, num registo de José Fontes.
Às 20h15, inicia-se no Miguel Bombarda um cocktail itinerante que levará quem queira ir ao CREDO, a cantata inter-religiosa que terá lugar às 21h30 na Igreja de S. Domingos. Esta oratória tem direcção musical de Mario Tronco e texto do padre e autor José Tolentino Mendonça.

Publicado por Festival TODOS às 03-09-2015 14:00

Labels: TODOS2015


Diáspora: música que dá a volta ao mundo

© Renato Silva

Erudito e popular. Do fado ao “chorinho”. Do século XVI ao século XX. De Portugal ao Brasil, da Índia a Espanha, de Macau a Timor. O projecto Diáspora mergulha nos géneros e formas musicais dos cinco continentes. É uma volta aos mundos numa volta ao mundo da música.

Iniciado em 2008 e já com três títulos, o projecto Diáspora arrisca novas fórmulas interpretativas de repertórios populares e eruditos e cria um ambiente sonoro ímpar e envolvente.

Música
DIÁSPORA
Sete Lágrimas
Voz: Filipe Faria, Sérgio Peixoto
Vihuela, tiorba e alaúde: Tiago Matias
Contrabaixo: Mário Franco
Percussão histórica: Rui Silva
PORTUGAL


13 SET // 18h00 M/3 Duração 1h
CAPELA DO HOSPITAL DOS CAPUCHOS
Alameda de Santo António dos Capuchos
Iniciado em 2008 e já com três títulos, o projecto Diáspora mergulha nos géneros e formas musicais dos cinco continentes, arriscando novas fórmulas interpretativas de repertórios populares e eruditos entre os séculos XVI e XX: do vilancico ibérico ao fado, dos vilancicos “negros” do século XVI/XVII ao “chorinho” brasileiro, passando pelas “mornas” africanas e pelas canções tradicionais de Timor, Macau, Índia e Brasil.

 

Publicado por Festival TODOS às 03-09-2015 12:00

Labels: aluade alaúde Alamenda de Santo António dos Capuchos Capela do Hospital dos Capuchos contrabaixo diáspora Filipe Faria Mário Franco música percussão histórica Rui Silva Sérgio Peixoto Sete Lágrimas Tiago Matias tiorba Vihuela voz


Visitas guiadas: 500 anos de história na Colina

© Manuel Levita/CML

O convite à descoberta da Colina de Santana é feito por vários caminhos: no caso das visitas guiadas, há cinco diferentes perspectivas por onde escolher.

O caminho será sempre liderado por especialistas da História da Colina, e falar de cerca de 500 anos de voltas e reviravoltas sociais neste território é apenas um aperitivo para o que se pode ver nos muitos locais por onde se pode andar.

NOTA: TODAS OS LOCAIS TÊM UM NÚMERO LIMITADO DE LUGARES, PELO QUE SE RECOMENDA A CHEGADA ANTECIPADA AOS LOCAIS*, UMA VEZ QUE A TRIAGEM É FEITA POR ORDEM DE CHEGADA.
*Na visita Travessia pela História da Colina de Santana, o local de encontro é LUGAR DO TODOS. PONTO DE ENCONTRO, no centro do Jardim do Campo Santana.


VISITAS GUIADAS

PASSOS E PAÇOS
Os Palácios, Faculdades, Conventos e Hospitais da Colina abrem as portas e desvendam os seus mistérios e múltiplas vidas e tempos, peças fundamentais para o mapa da História.

Academia Militar
Orientação: Coronel Victor Lourenço
11 SET //15h00 visita guiada Duração 1h30
12 SET //15h00 às 17h00 visita livre à Capela da Bemposta


Paço da Rainha
Uma viagem ao passado para conhecer o Paço da Rainha D. Catarina de Bragança, viúva do rei Carlos II de Inglaterra e grande fundadora da tradição do chá das cinco; bem como a atual Academia Militar e magníficos espaços que se sucederam em usos ao longo da história: o Salão Nobre, Sala do Conselho, Museu Militar, Biblioteca e Capela Real, reconhecida pelo sumptuoso trabalho barroco de talha em madeira. No final da visita, será servido um Earl Grey para percorrer os aromas de Ceilão que povoam Lisboa.

Travessia pela História da Colina de Santana
(LOCAL DE ENCONTRO: LUGAR DO TODOS. PONTO DE ENCONTRO | Jardim do Campo Santana)
Orientação: Anabela Valente, Ana Cristina Leite (CML/DMC/DPC/GEO – Gabinete de Estudos Olissiponenses) e Louis Silva
12 SET //15h00 Duração 2h30
Percurso: Largo do Conde Pombeiro, Paço da Rainha, Largo do Mitelo, Campo dos Mártires da Pátria, Rua Júlio de Andrade, Travessa do Torel, Calçada de Santana
Da Idade Média até aos dias de hoje, abordaremos o passado grandioso de Lisboa e o seu quotidiano popular, expresso nos seus múltiplos lugares de memória: as várias arquiteturas e monumentos; os traçados das ruas e das praças; as vidas dos que aqui deixaram marcas; os percursos dos animais, entre outros aspetos que fazem deste local, hoje, um território tão plural.

NOVA Medical School | Faculdade de Ciências Médicas
Orientação: Professor Doutor Pedro Soares Branco (Regente da Unidade Curricular de História da Medicina) + Manuel G. Costa (aluno 3º ano Mestrado Integrado em Medicina e Monitor de História da Medicina)
12 SET + 13 SET //17h00 Duração 40min
Campo Mártires da Pátria, nº 130
Datado de 1906, o imponente edifício Sede da NMS|FCM é um exemplo de estilo renascentista, que alia o equilíbrio de proporções a um conjunto de sóbria ornamentação. Venha conhecer a História da Medicina através dos painéis de azulejo de Jorge Colaço na Sala dos Passos Perdidos, e dos frisos de Veloso Salgado na solene Sala dos Atos.

O Convento da Encarnação da Ordem de Avis
Orientação: André Silva (Técnico Superior do Serviço de Públicos e Desenvolvimento Cultural – Direção da Cultura da SCML)
13 SET //12h00 Duração 1h
Largo do Convento da Encarnação
Em 1577, morria a Infanta D. Maria, filha de D. Manuel I, a “sempre noiva”. Deixou como vontade a construção de um convento feminino, beneditino, dedicado à Encarnação. No entanto, a Batalha de Alcácer-Quibir e a Dinastia Filipina atrasam a sua construção até ao século XVII.
O convento é entregue à Ordem de Avis, tendo sido habitado por senhoras de alta linhagem, familiares dos cavaleiros da ordem.

Hospital de São José: uma casa de todos, um monumento da cidade
Orientação: Célia Pilão (Administradora Hospitalar)
13 SET // 15h00 Duração 1h30
Rua Manuel Bento de Sousa
Viagem pelas memórias da assistência em Lisboa durante 500 anos: a memória do 1º Hospital de Portugal no Rossio, obra renascentista; a memória do Hospital Real
de S. José, o grande hospital que Lisboa assume como seu; a memória do Colégio Jesuíta de S. Antão-o-Novo, obra maior da ciência em Portugal mas também obra da espiritualidade
e da imensa fortuna de D. Filipa de Sá, filha do 3º Governador do Brasil.

Publicado por Festival TODOS às 02-09-2015 10:05

Labels: (CML/DMC/DPC/GEO – Gabinete de Estudos Olissiponenses) ACADEMIA MILITAR Ana Cristina Leite Anabela Valente André Silva Calçada de Santana Campo dos Mártires da Pátria Capela da Bemposta Célia Pilão Coronel Victor Lourenço Faculdade?de Ciências Médicas Hospital de São José Hospital de São José: uma casa de todos Largo do Conde Pombeiro Largo do Convento da Encarnação Largo do Mitelo Louis Silva Manuel G. Costa NOVA Medical School O Convento da Encarnação?da Ordem de Avis Paço da Rainha PASSOS E PAÇOS Professor Doutor Pedro Soares Branco Rua Júlio de Andrade Rua Manuel Bento de Sousa Travessa?do Torel Travessia pela História? da Colina de Santana um monumento da cidade VISITAS GUIADAS


TODOS ao Jardim, viva (n)o Jardim

© Manuel Levita/CML

Um jardim encantado, babilónico, animado e colorido começa já a ficar disponível no coração do Festival TODOS. Há já muita vida. Dos animais, mas dos palpitares que a equipa tem colocado no extenso Campo dos Mártires da Pátria. E a programação é sangue e oxigénio que liga culturas e gerações.

É um jardim para viver e onde se conviver. Descansar, vibrar e pensar. Com música, performances, a espontaneidade dos animais – e até cavalos vão aparecer -, fotografia que continua a construir memória, instalações que surgem da e para a Natureza, exposições. E um “pic-nic de todos os continentes”.

 

PELO JARDIM

Música
‘10s ORION RAÏ
Mazalda + Cheb Lakhdar
FRANÇA / ARGÉLIA
12 SET /22h00 M/6 Duração 2h
JARDIM DO CAMPO SANTANA
As novas aventuras do grupo Mazalda integram agora Cheb Lakhdar e o invencível fogo da sua voz, que corre todos os cantos da galáxia! Há mais de 13 anos juntos, estes 6 músicos alimentam-se de influências tradicionais progressivas e psicadélicas para produzir um som único. Uma música livre e dinâmica que busca o êxtase supremo, ritmado pelas percussões argelinas do poderoso Cheikh Mohamed. Inspirada nos sons de rua indianos, a Turbo Clap Station – sistema de som espacial experimental montado a partir de 50 altifalantes que rodeiam o público –, é uma incrível máquina de incendiar pistas de dança, uma mistura entre o raï autêntico, o transe exótico e o world sound. Um convite à dança!

Novo Circo
LES IMPROMPTUS
Companhia XY
FRANÇA
11 SET /19h00 M/3 Duração 20min
Os 22 acrobatas da Companhia XY enchem o Jardim do Campo Santana de extravagantes quadros acrobáticos.

Estúdio fotográfico ao ar livre
TODOS À TENDA
Anna Melnik, Izumi Ueda Yuu, Luís Pavão, Maurizio Agostinetto, Pablo Lopez, Susana Neves, Vera Marmelo
UCRÂNIA/JAPÃO/PORTUGAL/ITÁLIA/ESPANHA
11 SET /13h30 às 17h00 sessão escolas
12 + 13 SET /15h00 às 19h00
Uma tenda no Jardim convida todos os que se quiserem deixar fotografar a constituir-se na matéria da exposição do TODOS 2016. Projeto iniciado na 3a edição do Festival, TODOS à Tenda reúne diferentes visões do mundo sob um mesmo fundo, instalado em pleno espaço urbano.
Tire um retrato de corpo inteiro, ou somente aos seus pés. Fotógrafos de diferentes partes do Mundo esperam por si.

Estúdio fotográfico
SILVERBOX
Filipe Alves e Rute Magalhães
PORTUGAL
12 + 13 SET //15h00 às 18h00
ESTÚDIO FOTOGRÁFICO
Campo Mártires da Pátria, nº 35
Venha fazer o seu retrato através de um processo único e atemporal! O estúdio Silverbox transporta para a Colina de Santana um novo conceito de fotografia: a fusão da técnica oitocentista do colódio húmido com a estética do século XXI. Inscrição obrigatória no LUGAR DO TODOS . PONTO DE ENCONTRO (Jardim do Campo Santana) a partir de 1h antes do início das sessões

INSTALAÇÕES /CRIAÇÕES PLÁSTICAS

GREEN FINGERS
Transformar o Jardim
Anna Wesolek, Carina Martins, Catarina Castel-Branco, Cecília Menduni Luís, Céline Tschachtli, Laurinda Chiungue, Lucas Armendani, Maria Azevedo Coutinho, Maria João Castelo, Mina Anguelova, Rui Teigão, Telma Antunes
POLÓNIA/PORTUGAL/SUÍÇA/ANGOLA/BULGÁRIA 11 SET /10h00 às 17h00 sessões escolas
12 + 13 SET /11h00 às 19h00
Green Fingers é a expressão britânica atribuída a pessoas donas de dedos mágicos para a jardinagem. No Festival, é um programa de jardim que convoca o público, com a ajuda de artistas, a compor-se como realizador de um conjunto de instalações e curtas performances que alteram por momentos a atmosfera deste espaço de TODOS. Estaleiros de embarcações que navegam serenas; bairros com voz; sombras feitas de cascos de barcos que nos transportam ao fundo do lago; uma grande seara feita de meninos-semente que apontam o futuro; campos de flores que celebram os monumentos e Casas de Vento que os fazem viajar entre continentes; cavalos brancos que galopam no lugar; paisagens feitas com brócolos; mesas coloridas de flores, de jardineiros imaginários em ponto pequeno e de lápis de pintar; corridas de caracóis. No Jardim do Campo Santana, ocorrem mudanças misteriosas: quem aqui entra, não sai igual. Dias para passar com TODOS e em família.

CRIAÇÕES PLÁSTICAS/HAPPENINGS

CAVALOS À SOLTA
Construção de cavalos animados
Rogério Feio com jovens assistentes Jénifer Marcão, Laura Vaz Ferreira, Marco Souza, Miguel Silva e Rui Carvalho
PORTUGAL
12 SET /15h00 às 19h00
Venha construir cavalos articulados e animados por inventivas manivelas, que cavalgam sem sair do lugar!
Agradecimento a Rogério Feio e ao Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves

Cavalos em pasto
12 + 13 SET /16h15 às 17h15
Os belos cavalos da Academia Militar preenchem o Jardim do Campo Santana de cascos e dorsos ondulantes, e relincham de liberdade: é o curral da cidade que ressurge na Colina.
Em colaboração com a Academia Militar

Treespotting
1CAFÉ+1ÁRVORE
Vera Ramos
PORTUGAL
13 SET /11h30 às 12h30
1 café + 1 árvore é uma iniciativa informal que tem por objetivo partilhar conhecimento sobre as árvores mais comuns em Portugal. Ao longo de 3 anos, passou por diversos jardins de Lisboa, sempre ao encontro de uma árvore. No Festival TODOS, revela 12 habitantes notáveis do Jardim do Campo Santana. Sabe como se parece um Metrosidero? E uma Lagunária? E que características terá uma Bela-Sombra?

Exposição
A CASA
Movimento Português de Intervenção Artística e Educação pela Arte
PORTUGAL
10 a 13 SET /11h00 às 19h00 visita livre
11 SET / 10h30 às 11h30 + 13h30 às 14h30 visitas comentadas para escolas
13 SET // 16h00 visita comentada por Domingos Morais (MPIAEA)
LUGAR DO TODOS . PONTO DE ENCONTRO
“A casa é sempre o ventre do Mundo, atrelado à placenta dos sonhos” (Regis de Morais). Terá sido esta, uma das frases que motivou a procura de sentido nas imagens e obras escolhidas na exposição A Casa. Numa perspetiva antropológica, histórica, artística e relacional, esta exposição em painéis exibe a casa consoante é vista e vivida em diferentes culturas e por diversos artistas, arquitetos e autores.
A acompanhar a exposição, estará instalada uma Casa como Corpo, objeto de Sara Ivone.
Em colaboração com o MPIAEA

DESCANSAR/LER

VIAGEM IMÓVEL
10 a 13 SET /11h00 às 19h00
Um jardim também pode ser uma cama enorme e apetecível. No Jardim do Campo Santana, preparámos a atmosfera certa para se deitar e dormir a sesta com o seu bebé, sentar-se e conversar baixinho com um desconhecido, ler um livro do outro mundo e deixar-se levar numa viagem imóvel!
Livros disponibilizados pelo espaço Pessoa e Companhia


PRATOS E MUNDOS
O pic-nic de todos os continentes
Cozinheiros amadores do Brasil, Bulgária, Cabo Verde, China, Colômbia, Guiné, Índia, Irão, Itália, Letónia, Portugal, Roménia e Rússia entre outros países, partilham os seus mundos culinários
13 SET /13h00 às 15h30
Um jardim onde a toalha mais verde de sempre se estende para saborear pratos cheios de comida doce, fresca, salgada e picante… Legumes delicados, frutas cheirosas, especiarias, receitas por experimentar, massas, doces inventados. Tudo isto para provar deitado ou recostado nos móveis transformados mais bonitos de sempre. O único pic-nic do MUNDO com os MUNDOS todos num só prato. A não perder!
Poderá também trazer o seu pic-nic e partilhá-lo com TODOS.
Lotação limitada: marcação prévia no máx. 4 reservas por pessoa pratosemundos.todos2015@gmail.com / 913 170 760 Levantamento de senha no LUGAR DO TODOS . PONTO DE ENCONTRO (Jardim do Campo Santana), 1h antes do início do pic-nic

 

 

Publicado por Festival TODOS às 02-09-2015 09:05

Labels: música Luís Pavão exposição Portugal Bulgária Polónia Cabo Verde China Índia Irão Green Fingers Catarina Castel-Branco Instalações Pratos e Mundos Novo Circo Companhia XY Jardim do Campo Santana TODOS À TENDA Estúdio fotográfico ao ar livre Anna Melnik Izumi Ueda Yuu Pablo Lopez Susana Neves Vera Marmelo SILVERBOX Filipe Alves Rute Magalhães Roménia Itália 10S ORION RAï Cheb Lakhdar França Transformar o Jardim Carina Martins Cecília Menduni Luís Céline Tschachtli Laurinda Chiungue Lucas Armendani Maria João Castelo Mina Anguelova Rogério Feio Telma Antunes Pessoa e Companhia cavalos à solta Turbo Clap Station LES IMPROMPTUS Maurizio Agostinetto UCRÂNIA JAPÃO ESPANHA Estúdio fotográfico CRIAÇÕES PLÁSTICAS Anna Wesolek Maria Azevedo Coutinho Rui Teigão SUÍÇA ANGOLA HAPPENINGS Jénifer Marcão Laura Vaz Ferreira Marco Souza Miguel Silva Rui Carvalho Cavalos em pasto Treespotting 1CAFÉ+1ÁRVORE Vera Ramos A CASA LUGAR DO TODOS . PONTO DE ENCONTRO DESCANSAR/LER VIAGEM IMÓVEL Comidas Brasil Colômbia Guiné Letónia Rússia


Vamos ao Jardim?

Hoje, vamos começar a desbravar uma das áreas de programação mais abrangentes do TODOS 2015: Pelo Jardim.

No Jardim do Campo Santana, vamos ter cavalos, acrobatas, performers, um grande e electrizante concerto de música. Vai haver mobiliário criado de raiz para poder descansar, ler ou comer.

Vai haver emoções repentinas, interacções culturais e sociais. Um jardim encantado, babilónico, animado e colorido. Vai haver muita vida. E vamos contá-la daqui a pouco, destacando alguns dos espectáculos/actividades que lá ocorrerão durante os quatro dias do Festival TODOS 2015. Que está aí a chegar.


CAMPO MÁRTIRES DA PÁTRIA / JARDIM DO CAMPO SANTANA
O Jardim do Campo Santana será este ano o epicentro do Festival. Um jardim que convida a ficar para ver o que nele acontece: figuras acrobáticas que desafiam o ar, um estúdio fotográfico ao ar livre e um estúdio oitocentista, cavalos à solta que transformam o Jardim em campo, uma exposição sobre A Casa e um eletrizante concerto de música raï com os Mazalda. O mobiliário do Jardim, uma criação coletiva do Pátio Ambulante, foi criado expressamente para o Festival TODOS: móveis devolutos ganham nova vida, fundindo-se com modos de utilização vindos de outras culturas.


Around the Garden
Campo Santana garden will be the center of the Festival. It is a place where to start and where to arrive, and invites all those who walk by to linger a little longer and see what’s happening. There will be acrobatic beings that defy the air, a photographic outdoor studio, horses let loose around the garden that remind the ancient fields, an exhibition about houses and an electrifying concert of raï music with the Mazalda. The garden furniture is a collective work from Pátio Ambulante created especially for the Festival: old furniture gains a new life, regarding different ways of using each piece with the eyes of other cultures.

Publicado por Festival TODOS às 01-09-2015 08:00

Labels: CAMPO MÁRTIRES DA PÁTRIA cavalos à solta Estúdio fotográfico ao ar livre estúdio oitocentista figuras acrobáticas Jardim do Campo Santana Mazalda Pátio Ambulante Pelo Jardim


Arquivo

2018

Ago

2017

2016

2015

© Todos. 2018 Todos os Direitos Reservados