Petiscos do Mundo partilhados no jardim

Cozinheiros de várias origens porão à disposição de TODOS mini-snacks salgados, picantes ou doces. À sombra, na relva do Jardim do Campo Santana, serão servidos em caixas que se poderão montar no momento sobre toalhas que em casa se transformarão em aventais inusuais.

Volta ao Mundo num mini-snack
10 e 11 SET – 15h00 às 19h00
Jardim do Campo Santana
Salgado, picante ou doce. Fresco, quente ou morno. Líquido, cremoso, sólido ou crocante. Pequenas porções, delícias e curiosidades que pertencem a culturas culinárias muito diferentes. Tudo será servido em caixas que se poderão montar no momento. Mini-snacks do mundo “à escolha do freguês” para serem provados à sombra e na relva com uma toalha que em casa se transformará num avental inusual.

Publicado por Festival TODOS às 31-08-2016 14:49

Labels: Comida Volta ao Mundo num mini-snack Jardim do Campo Santana Caixas Aventais


Última chamada para derradeiros lugares de voluntários

Há ainda alguns lugares disponíveis para quem se queira juntar como voluntário à equipa do Festival TODOS até às 18h00 de amanhã, quinta-feira, dia 1 de Setembro.

Estamos abertos para receber pessoas de várias nacionalidades, proveniências e geografias, credos e orientações, idades e profissões, que queiram participar no Festival TODOS de forma voluntária e meter as mãos na massa de que é feita uma festa que é para TODOS e de TODOS.

De 8 a 11 de Setembro, é tempo de TODOS na Colina de Santana. Quatro dias em que há espaço para tudo: ver espectáculos, conhecer artistas, ajudar, aprender, descansar, divertir-se, sentir os sabores do mundo e compreender como se compõe uma organização grande e complexa de forma simples, directa e informal.

Um Festival que está perto daqueles a quem se destina, que está dentro do bairro para o qual se constrói e que se move pela ideia de tornar o quotidiano numa grande celebração. Dança, Teatro, Novo Circo, Sabores do Mundo, Música, Fotografia, para ver e mexer por dentro. Dar a ver os muitos rostos que fazem Lisboa e os mundos inteiros que nela cabem.

Os voluntários colaboram nas seguintes áreas:
- Acompanhamento de espectáculos e exposições e frente de sala/gestão de públicos
- Apoio à recepção do público no Lugar do TODOS
- Apoio aos eventos de Sabores do Mundo
 
Período: 8 a 11 de Setembro de 2016 (quinta a domingo)
 
DEADLINE CANDIDATURAS
01 de Setembro (quinta-feira, 18h00)
 
Candidaturas através de preenchimento do formulário: https://goo.gl/forms/2awp4rnUhrVo03YN2
 
REUNIÃO de apresentação e atribuição de funções
2 de Setembro (sexta-feira) pelas 18h30 no Lugar do TODOS
(Campo Mártires da Pátria, nº45 - junto à Embaixada da Alemanha)
 
SOBRE O TODOS
 
FLYERS disponíveis em: http://bit.ly/2aTfNxl
 
Vídeo de promoção: https://youtu.be/Y62jbnyu_pA
 
Contactos
Tel. +351 968 911 880
Lugar do TODOS – Campo dos Mártires da Pátria, nº45
 
Muito obrigado pela vossa candidatura e entusiasmo!


Publicado por Festival TODOS às 31-08-2016 12:24

Labels: Voluntários Última chamada


Para a família exercitar o corpo

É uma forma de toda a família respirar no jardim e, simultaneamente, acordar todos os músculos. De manhã ou de tarde, venha pôr o corpo em movimento.

Exercício Físico
Treinos de Campo
Nelson Ferreira PORTUGAL
9 SET – 16h00 e 17h00
[duração 45min] M/6
10 e 11 SET – 11h00 e 12h00
Jardim do Campo Santana
Venha ao Jardim respirar o ar da manhã ou da tarde e pôr o corpo em movimento. Pais e filhos, jovens e avós, para TODOS haverá uma forma de acordar os músculos.

Publicado por Festival TODOS às 31-08-2016 11:03

Labels: Exercício físico Treinos de Campo Nelson Ferreira Jardim do Campo Santana


Uma passagem de modelos familiares no jardim

Uma designer do Bangladesh expõe os seus modelos nos corpos dos seus familiares e amigos em pleno jardim. As peças são para apreciar e comprar.

Exposição
Chez Sharmin
Sharmin Mow BANGLADESH
10 e 11 SET – 15h30 às 18h30
Jardim do Campo Santana
Uma designer, acompanhada da família e amigos – modelos humanos das suas vestes – apresenta em pleno jardim, transformado em sala de exposição ao ar livre, a sua coleção de vestuário oriental contemporâneo. Para apreciar e comprar!

Publicado por Festival TODOS às 31-08-2016 10:52

Labels: exposição Design Chez Sharmin Sharmin Mow Bangladesh Jardim do Campo Santana


Programa disponível no Lugar do TODOS

O programa da 8ª edição já está disponível no Lugar do TODOS (Campos dos Mártires da Pátria, 45). Para quem quiser o seu exemplar, basta dirigir-se à nossa sede entre as 10h00 e as 19h00 (todos os dias).

Relembramos que há aqui no site oficial duas versões em PDF (português/english) para descarregar em dois locais diferentes: na primeira página, em http://www.festivaltodos.com/intro/home; e em http://www.festivaltodos.com/releases/edicoes_do_festival/1/.

Publicado por Festival TODOS às 30-08-2016 14:04

Labels: Programa Papel Lugar do TODOS


Lugar do TODOS: a fachada que se anuncia

A nove dias do arranque da 8ª edição, a fachada do Lugar do TODOS (Campos dos Mártires da Pátria, 45) anuncia a proximidade do festival. Hoje são bem visíveis as lonas nas paredes do antigo Palácio do Patriarcado que acolhe a sede da organização.

De portas abertas todos os dias, entre as 10h00 e as 19h00, o Lugar do TODOS vale a pena visitar para recolher informações sobre o festival, mas também pela oportunidade única de visitar um monumento que esteve fechado ao público por vários anos.

Publicado por Festival TODOS às 30-08-2016 13:00

Labels: Lugar do TODOS Antigo Palácio do Patriarcado


Arte Urbana: a Natureza de Violant

Em GAIA, Violant vai aos pormenores da Natureza para criar um enorme quadro de cores numa fachada da Rua do Saco.

Arte Urbana
GAIA
Violant
PORTUGAL
Desde SET 2015 – em permanência
Fachada de edifício na Rua do Saco
Mais um belo trabalho detalhado com a Natureza como tema.
Em parceria com a GAU - Galeria de Arte Urbana

Publicado por Festival TODOS às 30-08-2016 12:29

Labels: Arte Urbana Violant GAIA Rua do Saco Galeria de Arte Urbana


As quatro propostas do Logradouro

Margarida Alfacinha investiga através do seu traço quem seria a figura da Bempostinha. Thomas Kahrel explora a música electrónica de forma minimal. Carla L. cria capas para livros com materiais não recicláveis num workshop. Sílvia Floresta explica como se cria e mantém um Jardim medicinal do mediterrâneo num espaço urbano. Tudo para experimentar no espaço Logradouro.

Em parceria com LOGRADOURO
Rua da Bempostinha, nº22
Inscrições e info: geral.logradouro@gmail.com

Exposição de Desenho e Pintura
Bempostinha
Margarida Alfacinha PORTUGAL
8 SET – 18h00 inauguração
Exposição de desenho/pintura em suporte de papel em torno da história da Rua da Bempostinha. Quem era esta figura? Diz-se que foi depois de uma zanga com a Rainha que começou a passar na rua à qual se veio a dar o nome, em sua homenagem, de Rua da Bempostinha. É verdade, oh vizinha?! Uma revisitação da cultura popular dos bairros de Lisboa e suas gentes.

Música
Sonata in B flat at 444 Hz
Thomas Kahrel HOLANDA
9 SET – 18h00 [duração 60min]
Músico electrónico, explora o potencial sonoro dos instrumentos de forma minimal e até às últimas consequências. Para viajar. Instrumento: guitarra Lapsteel 8 cordas e electrónica.

Thomas Kahrel, 1959, Amesterdão
Estudou artes na Academia Gerrit Rietveld em Amesterdão e Música
Eletrónica no Centro de Música Electrónica (CEM) em Hilversum, Holanda.
Vive em Lisboa desde 1990, onde trabalha como cenógrafo, designer e músico
freelance.

Upcycling
workshop Form.a
Carla L. PORTUGAL
10 SET – 16h30
[duração 120min]
Upcycling de materiais não recicláveis na construção de objectos para uso quotidiano. Workshop curto onde se criam capas para livro a partir da técnica de cestaria aplicada sobre lona publicitária. Traga o seu livro e revista-o de nova capa!
NOTA: Participação mediante inscrição limitada a 10 pessoas. Material necessário: um livro.

Cultivo
Manutenção de Jardim medicinal do mediterrâneo
Sílvia Floresta PORTUGAL 

11 SET – 16h30
[duração 120min]
Venha aprender como criar e manter um Jardim medicinal do mediterrâneo num espaço urbano! O conhecimento ancestral posto em prática para salvaguarda de um futuro mais autónomo.
NOTA: Participação mediante inscrição limitada a 20 pessoas. Material necessário: bloco para apontamentos.

Publicado por Festival TODOS às 30-08-2016 10:37

Labels: Logradouro Exposições Desenho Pintura Bempostinha Margarida Alfacinha música Sonata in B flat at 444 Hz Thomas Kahrel Upcycling workshop Form.a Carla L. Cultivo Manutenção de Jardim medicinal do mediterrâneo Sílvia Floresta


Exposições fotográficas: captar o dia a dia

O projeto fotográfico deste ano está centrado no tema da vida diária. As quatro exposições apresentadas abrirão um antigo palácio fechado há vários anos: imagens de estúdio de famílias provenientes da China ou de famílias mistas que vivem em Lisboa; o dia a dia do Festival TODOS; e também a vida diária da China de hoje, onde a presença de Mao ainda pode ser sentida.

This year’s photographic project is centered on the subject of daily life. The four exhibitions presented will open an ancient palace closed for several years: studio pictures of families coming from China or mixed families living in Lisbon; the day to day of TODOS Festival; and also the daily life of today’s China where Mao’s presence can still be felt.

Fotografia
Curadoria: Maurizio Agostinetto e Giacomo Scalisi, com a colaboração de Carina Martins
8 SET – 18h30 Inauguração acompanhada de cocktail de sabores do mundo
9, 10 e 11 SET – 14h00 às 20h00
Antigo Palácio do Patriarcado – Campo Mártires da Pátria, nº45

O TEATRO QUOTIDIANO NA CHINA
Paolo Longo
ITÁLIA
Uma “viagem do coração” feita pela vida quotidiana do povo chinês no momento em que se deu o “boom” económico e a grande transformação social e cultural da China.
Em colaboração com Istituto Italiano di Cultura

OS NOSSOS CORPOS LEVES COMO FOTOGRAFIAS
Maurizio Agostinetto
ITÁLIA
Enquanto o Festival se prepara no espaço imaginário da sua realização, momentos aparentemente insignificantes fazem também parte do tecer da sua história.
Em colaboração com Istituto Italiano di Cultura

TODOS POR JANELAS DE VIDA
Rosa Reis
PORTUGAL
O quotidiano nem sempre é transparente. Por vezes, mesmo a preto e branco, ganha o sabor da festa.

RETRATOS DE FAMÍLIAS
Luís Pavão
PORTUGAL
O retrato é para uns muito significativo na preservação da memória identitária e para outros um momento em que se pode perder a alma… Estes retratos de famílias chinesas e de famílias interculturais mostram como Lisboa é hoje um dos espaços urbanos mais cosmopolitas do mundo. Uma cidade cheia de cor e contradições. De diversidade e de união.
Uma família é sempre uma família, com tudo o que ela contém. Estejamos onde estivermos. O nascimento, a identidade, o clã, as várias fases da vida, o prenúncio subtil do seu fim.

Publicado por Festival TODOS às 29-08-2016 15:52

Labels: Fotografia Exposições


A palavra estará louca?

Estes espetáculos visitam a obra de poetas atormentados, deprimidos ou loucos, numa tarde dedicada à palavra escrita e cantada no Panóptico e nas antigas enfermarias do desativado Hospital Miguel Bombarda. Estará louca, a palavra?

Poesia & Música
MAS ESTÁ TUDO LOUCO?
Leituras a partir da obra de Ângelo de Lima, Mário de Sá-Carneiro, Augusto dos Anjos, António Gancho, Antonin Artaud e outros poetas + Concerto Bruta com Ana Deus e Nicolas Tricot
PORTUGAL
10 SET – 15h30 às 18h30 M/6
Hospital Miguel Bombarda – Rua Dr. Almeida Amaral
Ana Deus apaixonou-se pela obra de Ângelo de Lima, poeta do Porto que acabou a vida internado no Hospital psiquiátrico Miguel Bombarda. Com Nicolas Tricot montou Bruta, um espetáculo que visita a obra de poetas atormentados, deprimidos ou loucos. Deste projeto resultou uma edição MiaSoave (Livro+CD) com o nome Doutor Tristeza/Bruta.

E de tudo isto surgiu, especialmente para o Festival TODOS, uma tarde dedicada à palavra escrita e cantada no Panóptico e nas antigas enfermarias do desativado hospital. Mas está tudo louco? une poetas, músicos, atores e atrizes, pacientes e médicos.

Poetry readings of several poems by Ângelo de Lima - who ended up as an internee at the disabled psychiatric Hospital Miguel Bombarda – and other authors followed by Bruta, music project concealing the work of tormented, depressed or insane poets. An afternoon dedicated to written and sung word.

15h30 | Panóptico
Escutar Ângelo de Lima [leituras]
NOTA: Participação limitada a 30 pessoas em simultâneo. Levantamento de senha no local, 1h00 antes do início do evento. Máximo de 2 senhas por pessoa.
15h30 às 17h30 | Hall de entrada
Emissão ao vivo da Rádio Aurora [entrevistas/rádio]
16h30 | Enfermaria A
Deambular com poemas pela Enfermaria das Palavras [leituras]
NOTA: Participação limitada a 100 pessoas. Levantamento de senha no local, 1h00 antes do início do evento. Máximo de 2 senhas por pessoa.
18h00 | Enfermaria B
Bruta – Ana Deus e Nicolas Tricot [concerto]
NOTA: Participação limitada a 100 pessoas. Levantamento de senha no local, 1h00 antes do início do evento. Máximo de 2 senhas por pessoa.

Comissários: Miguel Abreu e MiaSoave (Nuno Moura e Joana Bagulho)
Leituras por: Cláudia Sampaio, Elmano Sancho, João Paulo Esteves da Silva, Margarida Cardeal, Mónica Calle, Nuno Moura
Projeto musical: Ana Deus e Nicolas Tricot
Desenhos ao vivo: Paulo Ansiães Monteiro

Publicado por Festival TODOS às 29-08-2016 11:21

Labels: Mas está tudo louco? Poesia música Ângelo de Lima Mário de Sá-Carneiro Augusto dos Anjos António Gancho Antonin Artaud Ana Deus Nicolas Tricot Miguel Abreu Nuno Moura Joana Bagulho Cláudia Sampaio Elmano Sancho João Paulo Esteves da Silva Margarida Cardeal Mónica Calle Paulo Ansiães Monteiro Hospital Miguel Bombarda Panóptico


Arquivo

2018

Ago

2017

2016

2015

© Todos. 2018 Todos os Direitos Reservados